Comer vegetais crucíferos pode aumentar sobrevivência ao cancro da mama.

Um estudo realizado na China e apresentado na conferência anual da American Association for Cancer Research em Abril passado conclui que o consumo de legumes crucíferos (couves, brócolos, couve-de-bruxelas) por mulheres que tenham tido canco da mama, reduz significativamente o risco de mortalidade por recidiva. Foram avaliadas 4886 mulheres sobreviventes de cancro da mama ao longo de 36 meses depois do diagnóstico. As mulheres com o maior consumo de legumes crucíferos por dia mostraram uma taxa de redução de risco de mortalidade de 62% e de recidiva de 35%.

Acumulam-se as evidências que mostram os benefícios quimiopreventivos de um consumo elevado diário de legumes crucíferos quando inseridos numa dieta saudável com cereais integrais, pouco ou nenhum açucar, frutos, leguminosas, soja e ausência de carnes vermelhas e processadas. O que estes estudos vêm acescentar é o facto de que não só o consumo destes legumes têm um poder preventivo como têm beneficios após o diagnóstico da doença, podendo alterar significativamente as chances de cura e diminuir as possibilidades de recidiva. Qualquer pessoa que tenha tido ou esteja a lidar com o cancro deverá ter em consideração estes dados relativamente à alimentação e inclui-los na sua dieta.

http://www.sciencedaily.com/releases/2012/04/120403153531.htm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s