Fitoquímico presente nos oregãos destrói células de cancro da próstata

Algumas especiarias têm vindo a ser estudadas pelas suas propriedades promissoras no combate ao cancro. Uma dessas especiarias é a curcuma ou açafrão-das-índias a qual tem vindo a demonstrar muita eficácia a contrariar a vontade de proliferação das células de cancro em laboratório. Estudos recentes trazem à nossa atenção mais uma especiaria que poderá vir a fazer parte desse clube de super-especiarias. A investigadora e professora de Farmacologia Supriya Bavadekar tem vindo a investigar o efeito  de um dos fitoquímicos presentes nos oregãos, o carvacrol. Segundo o resultado desses estudos a equipa de Bavadekar observou uma completa inibição das células de cancro da próstata. Além das suas propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas, o carvacrol induz a apoptose, ou seja, a morte programada da célula, que se encontra desativada na célula de cancro. A investigadora acredita que estes dados iniciais indicam um grande potencial para o uso desta substância como um agente anticancerígeno. “Se o estudo continuar a apresentar resultados positivos, esta super-especiaria poderá representar uma terapia promissora para pacientes com cancro da próstata”, afirma Bakavedar.

 

http://www.liu.edu/Brooklyn/About/News/Press-Releases/2012/April/BK-PR-Apr25-2012.aspx

 

http://www.sciencedaily.com/releases/2012/04/120424162224.htm?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+sciencedaily%2Fhealth_medicine%2Fcancer+%28ScienceDaily%3A+Health+%26+Medicine+News+–+Cancer%29

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s